Falando de Valores

with Nenhum comentário

valoresAlgo que tem me chamado atenção nas relações é a falta de entrega de valores.

Por exemplo, eu quero ser bem tratada no trabalho, quero ser acolhida, não dou bom dia, não olho nos olhos e não me coloco disponível. Gostaria que minhas amigas guardassem meus relatos íntimos e acabo contando os delas. Quero fidelidade de um parceiro e que ele seja doce e me relaciono com várias pessoas e engrosso de vez em quando. Almejo o amor de meus pais, o ouvido, o carinho e colo e nem os visito ou mesmo falo com eles na escuta e abertura. Critico meu superior e nunca me supero no trabalho. Reclamo de meus filhos mas não tiro tempo algum para eles, afinal de contas eu não tenho tempo, não tenho desejo de ajudar, não tenho saúde suficiente, não tenho vontade de nada, não tenho tido vida… ahhh como sofro…

Hora de parar e rever tudo.

Hora de entender o que tem acontecido.

Hora de fazer a transformação de vida.

De reconquistar uma vida com qualidade nas relações e fraternidade. Está provado que nossa felicidade consiste em ajudar ao próximo e de nos juntarmos a pessoas que sejam nossa aliança de mentes, ou seja, pessoas que nos constroem, que nos ajudam a ser nós mesmos, pessoas que nos impelem ao crescimento.

Como fazer essa transformação? Fale com pessoas que te ajudam a desenvolver-se, a resgatar sua vida. Pessoas que te jogam para o alto.

 

Deixe uma resposta